sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Diário de uma puta - Parte I


No meu aniversário de 18 anos resolvi ir para uma cidade maior ganhar a vida fazendo o que eu já fazia desde os 13, porém sem receber nada pra isso. Poderia ter ido antes, mas só quando uma amiga que fazia o mesmo me convidou e juntei o dinheiro para as primeiras despesas é que fui.
Aprendi bem cedo com os meninos - sem eles saberem estavam me ensinando a ser uma boa putinha. Aprendi a bater punhetinha e batia para todos eles. Cada um gostava de um jeito sabia como cada qual preferia. Aprendi a chupar um pau bem cedo, era a chupadeira de rola oficial da rua. E depois do bairro, da cidade. Aprendi a trepar com eles - dava de quatro, sentava no pau duro deles, ficava de ladinho, fazia 69, franguinho assado, abria as pernas bem mais que qualquer outra menina e, bem pouco tempo depois, já estava ensinando novas posições. Fazia troca-troca com os meninos e enfiava o dedinho no cuzinho deles sempre, afinal era minha única condição para trepar. Eles resistiam mas, como já faziam troca-troca com outros meninos, comigo seria uma experiência a mais e diferente. No fundo eles gostavam quando eu reunia uns 5 ou 6 e mandava fazerem um trenzinho entre eles - todos se chupavam e todos se comiam. Ensinei muita menininha a beijar e a trepar também. Fodia com elas como se fosse um menino e elas gostavam. Mostrava a elas como chupar uma bucetinha, bater uma siririca caprichada, como enfiar os dedinhos e lamber o grelinho. Ensinava a mamar nos peitinhos e esfregar buceta com buceta. Ensinava também a dar para os meninos, afinal isso era uma arte e eu era mestra desde cedo. Elas gostavam e eu mais ainda - estava aprimorando minha futura profissão.
Sempre quis ser puta. Minha amiga me contava que ela ganhava dinheiro por trepada e que chegava a dar 10 vezes por dia. Eu estaria ganhando pra fazer o que mais gostava.
Pouco antes de ir embora da cidade convidei todos com quem eu tinha trepado desde menina e promovi um surubão de despedida: todo mundo trepando com todo mundo e eu comendo e dando pra todos. Afinal, não pretendia voltar lá novamente e, se encontrasse algum deles no futuro, teriam que pagar para foder a Michelle de novo. Ah! Troquei de nome - precisava de um nome de guerra e Michelle me pareceu bem apropriado.
E lá fui eu na manhã seguinte ao meu aniversário de 18 anos, pronta para trepar em grande estilo e ser paga para isso...
 
 





Originalmente postado no Convento das Safadas em 23/02/2011

6 comentários:

  1. Muito bom, muito bom mesmo.

    Beijo In_Correto!

    ResponderExcluir
  2. Uau! Muito interessante , que menininha assanhada rsrs

    Querida, vim aqui agradecer as palavras em meu blog, me fizeram refletir e enxergar a situação de outra maneira, pricipalmente a parte que disse que "Quebrar espelhos é, ao contrário do que se acredita, mto bom..." pensei muito sobre essa frase e apesar de dificil preciso concordar é verdade.

    Muito obrigada por tanto carinho :)

    Miaubeijos =^.^=

    PS: Quanto ao seu video intimo e indiscreto não vou tirar não! Vou deixar lá para todos verem suas calçolas e indecências!!! HAHAHAHA

    Morri de rir com seu comment realmente me animou :D!!!=^.^=

    ResponderExcluir
  3. Oi querida Veronika!

    Olha eu estava tentando ser discreta, não estava escancarando pra todos que o video era seu, mas já que você mesma assumiu, fui obrigada a modificar o título da postagem!Hahahaha!

    Miaubeijocas =^.^= ( só não sei se isso vai atrair ou "assustar" seus parceiros de swinger hahaha) ;)

    ResponderExcluir
  4. Veronika, Belissima!

    Estou fora e só volto depois do carnaval, por isto agora que estou passando para agradecer teu comentário e dizer que voce tem uma visão tão mais adequada do BDSM do que a maioria dos praticantes que já tive o desprazer de tomar conhecimento, do desconhecimento deles, desculpe o trocadilho.

    Teus posts são sempre bombásticos, impressionantes e mexem com a libido de quem passa por aqui!!! rsrsrs.

    Te desejo um excelente carnaval!!!

    ResponderExcluir
  5. Humm...que danadinha esta menina gente, eita!! Exitante, muito bom!

    Passando para te desejar uma bela manhã, viu casal tão querido!

    Beijos,

    flor de cristal{LB] .

    ResponderExcluir
  6. PROCURA-SE MULHER DE CORNO GRÁVIDA - CUCKOLD - CREAMPIE - REAL SEX


    >>> fudedor.de.esposas.df@hotmail.com
    >>> (61) 8456-6055 Operadora OI.
    >>> (61) 9285-0356 Operadora CLARO.

    >> Me chamo Ricardo moro em Ceilândia, Brasília-DF sou comedor de esposinhas. Adoro comer as esposinhas de meus amigos na frente deles.

    >>> Procuro casais liberais, casadas, noivas,namoradas e solteiras, grávidas, gringas.

    Adoro gozar dentro da boca das casadas e mandar o corno limpar tudinho, mas se meu novo amigo curtir só observar eu metendo na sua linda esposinha tudo bem. Tenho 35 anos, 1,72m de altura, 72kg, moreno claro. Qualquer casal que curta entre em contato comigo.

    >>>>>> OBS.: Favor não fiquem mandando mensagens para o meu celular, se quiserem me liguem pois sou comedor de esposinhas e não mensageiro. Curto sexo real sou comedor nato.

    ResponderExcluir

Um beijo por seus pensamentos...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cenas de puro prazer...