segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Emprestei meu marido para transar


Sexta-feira passada encontramos um casal que não víamos há tempos e, conversa vai, conversa vem, falamos sobre ménage masculino. Ela me confidenciou que morria de vontade e que seu marido também queria vê-la com outro homem, mas não se sentia segura em sair com quem não conhecia. Já havíamos ficado com eles (gente finíssima) e sabia que Cláudio tinha o maior tesão pela baixinha. Ela é do tipo mignon, toda delicadinha, com um corpinho pra lá de gostoso, todo definido. Sem nem Cláudio esperar, disse a ela que poderia emprestar meu marido. Ela me olhou meio incrédula, meio contentinha e perguntou se era sério.
- Claro que sim, senão não sugeriria. Pode usá-lo à vontade. Como sei que sua fantasia é ter outro homem, nem vou ficar no quarto. Pode levar se você prometer que vai aproveitar bastante! rsrsrs
Cláudio me olhou e, em seu olhar, me dizia algo do tipo “e o que isso vai me custar?”. Respondi com uma piscadinha...rs
Eles foram para o quarto e Cláudio me contou depois tudo o que havia acontecido. Assim que entraram, Fernando se sentou em um sofazinho e Cláudio e Aline começaram a se beijar. Ele passava as mãos por aquele corpinho e ela começou a despi-lo. Tirou a camiseta, abaixou a calça e começou um boquete que, segundo Cláudio, foi delicioso. Ele tirou a roupa dela, sob as vistas de Fernando e a colocou deitada na cama. Deitou por cima dela e a beijou. Fois descendo a boca até parar nos seios durinhos, pequenos. Ele mamava naqueles peitos e acariciava entre as pernas dela. Continuou descendo a boca e foi parar na bucetinha, já toda molhada de tesão. Com as mãos mantinha as pernas dela bem abertas e dava um delicioso banho de língua. Sugou o grelinho gostosamente e deixou um dedinho brincando na portinha, sem entrar totalmente.
Cláudio chamou Fernando e perguntou se ele não queria começar, ao que ele respondeu que só entraria na brincadeira mais tarde, depois de ver aquilo que ele tanto queria. Cláudio se levantou, colocou camisinha e deitou sobre ela, num papai-mamãe que teria tudo se morno se não fosse com outro homem. Ele metia devagar e a beijava, como se estivesse preparando terreno para o que viria depois. Ela disse que queria ficar de quatro e chamou o marido para perto de si. Cláudio continuou metendo, tendo dessa vez a visão da bundinha empinada dela. Ela procurou com a boca o pau de Fernando, iniciando um boquete que era sincronizado com as estocadas de Cláudio. Ficaram assim por um tempo até que Fernando gozasse na boca dela e sugerisse ao Cláudio que comesse o cu da esposinha. Ele alegou que queria primeiro ver para depois participar. Aline direcionou o cacete de Cláudio para sua bundinha, empinando-a ainda mais. Meu marido foi forçando aos poucos, mas como o tesão era grande, aquele rabinho não ofereceu muita resistência. Cláudio começou a meter com mais força e Fernando parecia vidrado com a cena. Ela tornou a boquetar seu marido, deixando aquele pau latejante novamente. Cláudio chamou Fernando para participar e ele deitou na cama para que ela viesse por cima dele. Ela sentou na pica grande e cavalgou com força, gemendo alto, até maneirar os movimentos e se deitar completamente por cima do marido, empinando a bundinha para Cláudio. Meu marido enfiou novamente naquele cuzinho já largo e, juntos, ritmaram os movimentos dos paus que entravam e saíam de dentro dela. Aline parecia extasiada, se contraía e gemia alto, pedindo para que não parassem mais. Fernando gozou novamente e disse que queria ver um pouco mais sua vadia dando o rabo para outro. Ele se levantou e ficou ao lado da cama, apreciando a cara de safada de sua mulher e vendo Cláudio bombar naquele cuzinho. Novamente restabelecido, entrou na brincadeira, dessa vez com Cláudio deitado na cama, Aline sentada com o cu na pica dele e Fernando vindo por cima para comer a bucetinha. Dessa vez quem bombava era Fernando, enquanto Cláudio apertava os peitos de Aline. Ela, que quase não aguentava mais, pois fazia quase três horas que estava dando, pediu ao Cláudio que gozasse, mas queria na boquinha. Meu marido tirou a camisinha e meteu na boca dela. Ela tornou a chupar até que ele inundou a boca dela de porra.
Quando saíram do quarto eu estava comportadinha lá fora, conversando com um pessoal. Perguntei a eles como havia sido. pergunta idiota, já qie era só olhar pra cara de satisfação dela mas, enfim...rs
Cláudio me beijou e disse que foi delicioso e que eu poderia pedir o que quisesse. Ainda não usei meu crédito, mas já sei o que vou pedir...rsrsrs
 


 
 
  
 
 
 

Diário de uma puta - Parte II

Diário de uma puta - Parte I

Cheguei na capital e fui me instalar no apartamento da minha amiga. Não era grande mas, como ela recebia lá, era ajeitadinho. Meu quarto estava vazio e cabia a mim mobiliá-lo assim que tivesse dinheiro. Então precisava começar minha carteira de clientes o mais rápido possível. Já na minha primeira noite ganhei um dinheirinho com um cliente da Cibele que queria duas putas. Assim que ele chegou ela me chamou e apresentou. Claro que ele gostou do que viu: além de ser carne nova no pedaço, ainda era uma ninfetinha. Cibele foi pegar bebidas para nós e o cliente me mandou tirar a roupa pois queria avaliar melhor o material.
- Tira tudo, amor. Quero ver o meu prato principal da noite.
Fui tirando devagarinho, com um quê de inocência que eu não tinha há tempos. Cibele chegou e disse a ele que ela mesma tiraria tudo e mostraria a ele. Ela me expôs como mercadoria:
- Esses peitinhos durinhos e empinadinhos são uma delícia, você vai adorar mamar neles. Olha só essa barriguinha saradinha! Agora a buceta. Lisinha, querido! Perfeita para você! Sei o quanto gosta de meninas novinhas. E olha essa bundinha, toda arrebitada. Podemos combinar e você poderá comê-la também.
Ele estava sentado no sofá e mandou nós duas nos beijarmos. Cibele era safada como eu, gostava de sexo e mais ainda de dinheiro. Começamos a nos beijar e passar nossas mãos uma na outra. Ela apertava meu bico e eu fingia uma dorzinha, gemendo como uma menininha. Percebendo o quanto ele estava gostando, ela veio morder os bicos, enquanto eu gemia ainda mais e a segurava pelos cabelos. Ela me forçou contra a parede, abriu minhas pernas e meteu a cara na minha buceta. Ele ficou doidinho e mandou que nós duas continuássemos depois, logo após dar um trato na pica dele.
- Quero as duas engolindo meu pau. Vou foder a boca das duas e quero ver vocês enfiando a mão uma na buceta da outra enquanto me chupam.
Fizemos o que ele queria: eu enfiava o pau na minha boca e tirava dela para dar à Cibele. Pegava da boca dela e tornava a engolir inteiro. Beijava Cibele enquanto forçava os dedos dentro de sua buceta e ela apertava meu grelo. Ele estava ficando doico com aquilo e mandou Cibele deitar na cama porque eu iria chupá-la. Ela abriu bem as pernas e eu me enfiei dentro. Assim que empinei a bundinha ao ficar de quatro ele colocou a camisinha e meteu de uma vez na minha bucetinha depiladinha. Fingi que fiquei surpresa com a investida e com o tamanho, o que o deixou com mais tesão ainda. Levantei as pernas de Cibele para que ele me visse passando a língua no cuzinho dela, enquanto dava ré no pau do cliente. Cibele disse a ele que meu cuzinho era virgem e que, se a oferta fosse boa, que ela tentaria me convencer a dar o cu pra ele.
- Ai, será que eu aguento essa rola enorme no meu cuzinho? Tô com medo de dar pra ele...
- Ele vai ser bonzinho com você, não vai, amor?
Ele já estava louco, acreditando mesmo que aquela ninfetinha nunca tinha dado o rabo e respondeu:
- Pode deixar que essa vez vou ser bonzinho, mas só porque você é amiga da minha puta preferida. E vai ser bem recompensada, pode deixar.
Era isso que eu queria ouvir, afinal dar o cu eu sempre tinha dado, mas agora ganharia para isso. E, pelo visto, naquela noite não seria pouco.
Cibele se levantou e me mandou continuar de quatro. Veio por trás de mim e abriu meu cu, facilitando para seu cliente. Ele começou a forçar a cabeça do pau enquanto Cibele cuspia para dar mais tesão a ele. Ele forçava e eu fingia que doía, pedindo para parar um pouco. Me mandava relaxar e assim o fazia e ele tentava novamente. Eu fechava o cuzinho para parecer que era difícil de arrombar mesmo e ele se deliciava. Até que não aguentou e meteu de uma vez a rola até o talo. Soltei um grito abafado e simulei mais dor do que eu realmente estava sentindo e ele não parava de bombar.
- Que cuzinho apertadinho, que delícia! Vou meter pra caralho nele. Cibele, se mete embaixo dela pra chupar essa bucetinha e minhas bolas ao mesmo tempo!
E lá veio ela se enfiar debaixo de mim, seguindo as ordens dele. Quando ele estava pra gozar tirou o pau do meu cu e gozou na cara da Cibele, me mandando vir limpar toda a porra com a língua.
Quando ele terminou e tomou banho me chamou e me colocou no colo dele, dizendo que a puta preferida dele ainda era Cibele, por anos e anos de serviços prestados, mas que tinha gostado de mim e que me incluiria na brincadeira de vez em quando. Mas, o mais importante, me disse que no dia seguinte mandaria um amigo dele para me experimentar.
E foi assim meu primeiro dia de puta. Primeiro de vários...
 
 
 
 
 
 

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Diário de uma puta - Parte I


No meu aniversário de 18 anos resolvi ir para uma cidade maior ganhar a vida fazendo o que eu já fazia desde os 13, porém sem receber nada pra isso. Poderia ter ido antes, mas só quando uma amiga que fazia o mesmo me convidou e juntei o dinheiro para as primeiras despesas é que fui.
Aprendi bem cedo com os meninos - sem eles saberem estavam me ensinando a ser uma boa putinha. Aprendi a bater punhetinha e batia para todos eles. Cada um gostava de um jeito sabia como cada qual preferia. Aprendi a chupar um pau bem cedo, era a chupadeira de rola oficial da rua. E depois do bairro, da cidade. Aprendi a trepar com eles - dava de quatro, sentava no pau duro deles, ficava de ladinho, fazia 69, franguinho assado, abria as pernas bem mais que qualquer outra menina e, bem pouco tempo depois, já estava ensinando novas posições. Fazia troca-troca com os meninos e enfiava o dedinho no cuzinho deles sempre, afinal era minha única condição para trepar. Eles resistiam mas, como já faziam troca-troca com outros meninos, comigo seria uma experiência a mais e diferente. No fundo eles gostavam quando eu reunia uns 5 ou 6 e mandava fazerem um trenzinho entre eles - todos se chupavam e todos se comiam. Ensinei muita menininha a beijar e a trepar também. Fodia com elas como se fosse um menino e elas gostavam. Mostrava a elas como chupar uma bucetinha, bater uma siririca caprichada, como enfiar os dedinhos e lamber o grelinho. Ensinava a mamar nos peitinhos e esfregar buceta com buceta. Ensinava também a dar para os meninos, afinal isso era uma arte e eu era mestra desde cedo. Elas gostavam e eu mais ainda - estava aprimorando minha futura profissão.
Sempre quis ser puta. Minha amiga me contava que ela ganhava dinheiro por trepada e que chegava a dar 10 vezes por dia. Eu estaria ganhando pra fazer o que mais gostava.
Pouco antes de ir embora da cidade convidei todos com quem eu tinha trepado desde menina e promovi um surubão de despedida: todo mundo trepando com todo mundo e eu comendo e dando pra todos. Afinal, não pretendia voltar lá novamente e, se encontrasse algum deles no futuro, teriam que pagar para foder a Michelle de novo. Ah! Troquei de nome - precisava de um nome de guerra e Michelle me pareceu bem apropriado.
E lá fui eu na manhã seguinte ao meu aniversário de 18 anos, pronta para trepar em grande estilo e ser paga para isso...
 
 





Originalmente postado no Convento das Safadas em 23/02/2011

Ela é - Ulisses Reis®


Ela é

Ela se diz vadia e puta
Não! ela essencialmente
Fêmea, deixa fluir o desejo
É a grande vela que recebe
Todo o soprar do vento
Ela é um desafio de fibra
Tem belas curvas, é safada
Boca de uma menina santa
Que transforma o claro
Na escuridão do gozo
Feche o olho e sinta o cheiro
O perfume que dela emana
Que vem das entranhas
Puro como um lampejo
E no díspar dessa difusão
Ela é no todo um tesão
Cobre-te e lhe doa, até coração
Mas te beija com fel se te achar
Sem o mínimo de razão
Conquista e seduz, dá a luz
Espanta e afasta não produz
Dualidade perfeita no corpo
Sempre a conduz

Ulisses Reis®
24/02/2011

Para (Vero) Nika




Recebi esse poema lindíssimo de Ulisses Reis®. Foi um presente inesperado que me deixou lisonjeada e sorrindo feito criança. Foi inspirado em Eu Sou, uma descrição minha por mim mesma e, com certeza, ficou muito mais bonito que o poema original!
Meu querido, muito obrigada não só pelas belíssimas palavras, pelo delicioso poema, mas principalmente por esse carinho que me deixou tão, tão feliz!
Um beijo enorme pra vc e, mais uma vez, obrigada de coração, meu amigo!!!

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Hoje acordei assim



Hoje acordei assim
Com fome de você
Com gosto de você
Com necessidade de você
Vontade de abrir meus lábios para sua língua entrar
De passar meus braços pelos seus
Entrelaçar minhas pernas nas suas
De sussurrar nos seus ouvidos gemidos de prazer
De olhar nos seus olhos e me ver
De roçar minha pele na tua
Te mostrar meu cio
Colocar tua boca no meio das minhas pernas
E te molhar com meus desejos
Me esfregar no teu tesão
Te apertar forte quando sentir teu espasmo
E, junto contigo, gozar
E me largar na cama, sorrindo...
 




 

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

500 Comentários!


Como vocês já devem ter percebido, tudo para nós é motivo de comemoração! Comemoramos quando abrimos os olhos pela manhã e também à noite quando nos deitamos. Comemoramos e agradecemos tudo o que nos faz sorrir, que nos dá satisfação, que nos motiva. Então não poderíamos deixar de comemorar pelos 500 comentários em nosso blog.
Foram 500 carinhos que nos deixaram, 500 pensamentos diferentes que passamos a conhecer, 500 momentos que nos foram ofertados, 500 motivos pra comemorar!
Queremos agradecer a cada um de vocês que, com seu comentário, nos motivou, incentivou, encorajou. Cada palavrinha que lemos fez nosso coração sorrir e nos deu motivos para continuarmos postando.
Muito obrigada a todos pelo carinho!!!





Dia de Prazer - Eroticamente In(Correto)

Dia de Prazer

Livre, lépida e faceira
qual bilboquê de criança
foi que despencou certeira
sobre a pulsante lança.

E foi em devasso torpor
que arqueou-se lancinante
a provocar com vigor
outra lança luxuriante.

Em seu corpo, dois sabores
a preencher seus desejos,
fantasias, multicores,...

Entre carícias e beijos,
foi ao céu, sentiu tremores.
Sucumbiu-se em mil lampejos!






Este é um presente de alguém de quem gosto muito: Eroticamente In(Correto). Seu blog afaga a alma e o corpo, desperta tesão, exala sensualidade, liberta a luxúria. Obrigada, querido, por todo o carinho que você sempre tem conosco e principalmente por esse presente que tanto nos dá prazer e nos honra!









Selos e Carinhos







Ganhamos esses carinhos de Lesada e Apimentada, Piment29, Princess Kitty e Luna! Luna, aliás, nos enviou um outro mimo logo abaixo!
Queremos agradecer de coração a cada uma dessas amigas que aqui fizemos. Sermos lembrados é sempre tão bom, não é? E quando somos lembrados com carinhos é ainda melhor! Um beijo enorme nosso a cada uma delas. Não estamos retribuindo o selo, símbolo físico, mas estamos retribuindo a amizade acrescida de mais carinho ainda!!!

As tarefas são bem simples:

1. Relatar uma experiência marcante no BDSM.

Ui! Agora pegou pesado! rsrsrsrs
Não sou do mundo, mas já tive uma experiência, sim. Sou dominadora por natureza e quis entender um pouco melhor o que eu sentia e como as coisas funcionavam. Aí pedi a um Dom amigo meu que me mostrasse esse mundo tão fascinante. Ele disse que eu deveria aprender a domar uma sub, mas só esqueceu de dizer que EU seria a sub para aprender na própria pele! Pra falar a verdade, fiquei com tanta raiva que não usei nem fudendo a safeword e olha que ele se esmerou muiiiiiiiiiiiiiiito para que eu pedisse arrego! A partir daquele dia, se eu tinha alguma dúvida qto à minha posição caso eu realmente entrasse no mundo BDSM, a dúvida acabou no ato! kkk

2. Repassar o selo para pessoas especiais em sua vida (não importa a quantidade, tem que ser especial):
Como viajamos e chegamos tarde, percebemos que várias pessoas que gostaríamos que recebessem já ganharam o selinho e algumas outras não pertencem ao mundo BDSM. Então dessa vez não repassaremos, mas todos aqueles que visitamos quase que diariamente, sintam-se presenteados!!!

_____________________________________________




Esse foi o outro carinho que ganhamos de Luna! Minha querida, obrigada de coração pelo mimo! Adoramos não só recebê-lo, mas sabermos que você tem por nós o mesmo carinho que temos por você!
Beijo enorme, minha linda!!!

Parabéns, Flor de Cristal!



Hoje é o aniversário da minha querida Flor de Cristal! E como ela merece tudo de bom nesse mundo, queremos que ela venha soprar suas velinhas e fazer um pedido!
Muita paz, amor, saúde, sementes plantadas, frutos colhidos e muita energia positiva, sempre!!! 

Beijos, minha linda!

Volta de viagem e muitos carinhos!



Voltando de viagem e feliz da vida porque ganhamos um monte de selinhos ou, como chamamos, um monte de carinhos!
Amanhã vamos buscar um a um e agradecer àqueles que nos presentearam.
Como minha semana começa às terças-feiras a cada 15 dias, desejamos hoje uma semana deliciosa a cada um de vocês!

Beijos deliciosos!!!



sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Dieta para o final de semana



Que tal uma boa dieta para o final de semana?











Banana...




















Morango...



Mas com cobertura de chocolate fica ainda melhor...




quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

A vizinha



Pois é...tem sempre uma vizinha gostosona no pedaço. Se você não tem, já teve ou vai ter. Se você é homem, provavelmente já tocou várias punhetas pensando nela, imaginando situações em que vocês se encontram no elevador, ou na quebradinha da rua e, sem mais nem menos, dá um cata na gostosa. Aquela pegada de jeito, que você a puxa pra si e lasca um beijo molhado, descendo o vestido, metendo a mão nos peitos e enfiando uma perna no meio das dela. Pra meter na vizinha é um pulo: em dois segundos vocês estão no chão, rolando que nem animais, um chupa-chupa geral, uma meteção com ela de bunda pra cima, rebolando no seu pau. E claro que ela dá o cuzinho, afinal a fantasia é sua e você come o cu de quem quiser!
Mas, se você é mulher como eu, as coisas são um pouquinho diferentes. Tenho um espécime desses morando dois andares acima e a filha da puta é uma delícia! Já a achava um tesão, mas outro dia a encontrei subindo as escadas com roupinha de academia, um macacãozinho todo coladinho que fazia sua bunda ainda maior e mostrava a bucetinha em formato de esfiha, parecendo estar toda inchadinha...aiai, viu! Já me imaginei dando um daqueles sorrisinhos sacanas e convidativos que costumo dar para as mulheres que me interessam e puxando um papinho light, provavelmente sobre a academia mesmo e elogiando seu corpo. Perguntar se gosta de dançar e, como a resposta seria óbvia, diria a ela que amo dançar também e que o faço em casas “alternativas”, tipo GLS ou casa de swing, onde não levo uma passada de mão na bunda a cada 5 metros daquele bando de homens que mal sabem se expressar. Em seguida viria um convite para estendermos o papo em casa, tomando um vinho pra animar. Uma musiquinha de fundo e uma proposta de fazermos o que tanto gostamos, ou seja, dançar ali mesmo. O ambiente preparado com perfume sensual e uma luz mais fraca compõe o cenário. Dançando, rindo, chegando mais pertinho, a abraçando por trás para dançarmos coladinhas e, finalmente, uma pegada mais forte, juntando nossos corpos e fazendo-a desejar aquilo. Um beijo na nuca, daqueles que arrepia a alma, um abraço em que as mãos vão descendo e explorando, pernas se entrelaçando e, finalmente, a virando para beijá-la, para sentir sua boca na minha, passar meus peitos nos dela, descer as mãos pelas costas para alisar sua bunda e coxas. Deixar as alças do vestido caírem e acariciar seus bicos duros, levando minha boca até eles. Descer a boca pela barriga, brincar com seu umbigo. Tornar a descer e me deparar com a calcinha minúscula esperando ser tirada. Puxá-la com a boca e dedilhar sua buceta, já molhadinha. Passar a língua docemente pelo grelinho, lambendo-o devagar e molhadamente, enquanto as mãos seguram sua cintura e a trazem para mais junto de mim. Abrir delicadamente suas pernas e me enfiar no meio delas, sorvendo seu gosto. Passear com os dedos umedecidos, abrindo seus lábios e conhecendo com a língua todos os seus cantinhos. Sentá-la no sofá, abrindo mais suas pernas, entrando no meio delas para voltar a beijar sua boca e tocar seus seios, enquanto roço minha bucetinha na dela. Tornar a descer bem suave até estar novamente no meio de suas pernas e sentir seu gosto enquanto ela delira. Chupar sua buceta com tesão, sentindo suas reações e percebendo o que lhe dá mais prazer. Colocar mais intensidade me agarrando às suas pernas, mordiscar levemente seu clitóris, sugá-lo e lambê-lo, percorrer sua buceta todinha até o cuzinho e rodeá-lo com a língua, até perceber seu corpo dando sinais de que vai gozar. Enfiar a língua para sorver cada gota de seu gozo enquanto a seguro mais firmemente com minhas mãos. E vê-la soltar seu corpo, relaxar totalmente após os espasmos, em meus braços.
Essa é uma fantasia tipicamente feminina, de mulheres que curtem mulheres, que estou realmente pensando em por em prática. Afinal, sedução é sempre delicioso e fazer uso dela com quem não se tem a menor ideia da receptividade é ainda mais excitante...
 
 

Selo e Carinho




Este selo nós recebemos de Monique e Mário, do 2 Minutos de Pausa, um blog sensualíssimo, delicioso de se ver e de se ler, do qual somos assíduos. E a eles agradecemos o carinho por nos terem dado esse mimo que adoramos!!!


As regras para este selo são:1º Colocar a imagem no blog
2º Listar 3 coisas que realmente dão água na boca
3º Responder à questão: O que achou do selo?
4º Escolher 10 blogs e avisá-los



3 coisas que me dão água na boca:


1) Duas mulheres juntas, preferencialmente quando sou uma delas;
2) Marquinhas mínimas de biquíni;
3) Ler um excitante texto erótico.


O que achei do selo: Um carinho, um gesto de amizade, um presente especial que nos incentiva a irmos além.


Blogs Escolhidos:

 
http://miadosbdsm.blogspot.com/
http://intrigantedark.blogspot.com/
http://amorsexoprazertesomeusdesejos.blogspot.com/
http://hope-desejosdelirios.blogspot.com/
http://flordecristallb.blogspot.com/
http://milalegre.blogspot.com/
http://doreifobofilica.blogspot.com/
http://helenatl1.blogspot.com/
http://sala-intima.blogspot.com/
http://nosabordopecado.blogspot.com/

 
 
 
 
 
 

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

De sem seguidores à cem seguidores!

Quando resolvemos criar esse blog foi com o intuito de seguirmos apenas alguns blogs de amigos, para que pudéssemos receber sempre as atualizações deles. Aí bateu um comichão para fazer algo que eu adoro: escrever. Um postzinho aqui, nos apresentando, outro ali, falando de uma experiência, mais um outro sobre curiosidades relativas ao sexo e por aí foi. Quando nos demos conta, percebemos que algumas pessoas estavam nos seguindo e esse número foi gradativamente aumentando.
Hoje temos 100 pessoas que recebem em seu blog nossos relatos e muitas delas nos prestigiam sempre com seus comentários.
O comichãozinho inicial deu lugar a um prazer enorme e hoje não me vejo mais sem postar alguma coisa, seja ela relativa ao nosso mundo swinger ou a diversos outros assuntos, já que ampliamos nosso foco inicial.
As experiências continuam a ser contadas, mas assuntos que acreditamos ser de interesse geral, assim como um pouco de humor ou mesmo um projeto de poesia já fazem parte de nossas postagens.
Mas ter 100 seguidores foi para nós uma surpresa! Extrapolou nossas expectativas (que, na verdade, eram quase nulas rs) e nos deu motivação para continuarmos, mas com a responsabilidade de mantermos, quando não melhorarmos, o que aqui deixamos. Afinal, costumo dizer que é um pouco de nós que vai para cada um de vocês!
Então, a cada um daqueles que nos seguem e principalmente ao nosso centésimo seguidor, Alves Fonseca, da Caverna do Punheteiro, o nosso muito obrigado!
 


 

Swing delicioso



Domingo recebemos dois casais. Fizemos algumas porções, abastecemos a geladeira com as bebidas preferidas de todos e o papo rolou solto. Como sempre, muita risada. Analú e Mário já fizeram parte de alguns de nossos relatos, mas é sempre bom lembrar que Mário é um cara com quem meter é muito bom e Analú é uma morena maravilhosa, daquelas que deixa qualquer homem doidinho, doidinho. Rafaela é outra morena linda, cabelos longos lisos, enormes olhos verdes e um corpo de violão delicioso! Renato tem todo um charme, mas confesso que todas as vezes que ficamos juntos parávamos a cada bombada pra rachar de rir!
Conversa vai, conversa vem, o assunto esquentando e Cláudio coloca no Sexy Hot. Claro que, se o assunto era eventualmente sexual, a partir daquela hora sexo virou o único assunto. Renato veio pro meu lado e pegou meus pés para massagear. Quase tive um orgasmo rs! Ele foi subindo, subindo e logo suas mãos massageavam minha bucetinha. Para que ela ficasse molhadinha foi um pulo. E mais molhada ainda ficou quando ele veio me chupar. Ele meteu a boca na minha buceta e deu um literal banho de língua nela. Cláudio estava num pufão que temos na sala no meio das duas morenaças, levantando a saia de ambas e expondo as duas bundas deliciosas. Ele começou a bolinar Analú e Mário foi para o lado de Rafaela. Ambas pagaram um boquete gostoso para cada um deles, em posições deliciosas: Cláudio estava deitado no pufão e Analú se colocou sobre ele, com a bunda empinada mostrando uma calcinha fio dental preta que a deixava ainda mais gostosa. Mário estava de pé e Rafaela se agachou, empinando a bunda perfeita e mamando seu cacete.
Logo, como se fosse combinado, trocamos todos as posições: me levantei do sofá e fiz com que Renato se sentasse para que eu pudesse chupá-lo; Cláudio sentou Analú no outro sofá, abrindo suas pernas e lambendo sua buceta gostosa, passeando com a língua em movimentos ora circulares, ora lineares, mas que arrancavam dela gemidos guturais. Mário deitou Rafaela no pufão, abrindo suas pernas quase em espacate e mergulhando de boca na buceta gostosa. Rafaela gemia baixinho e forçava a cabeça de Mário para mais dentro dela. Me levantei para ir ao quarto buscar as camisinhas e, quando voltei, Rafaela estava sentada na cara de Mário, num 69 excitante, o que me deu um tesão danado e fez com que eu fosse lamber sua bunda, já sem calcinha mas ainda empinadinha. Eu mordiscava sua bunda, passando as mãos por ela toda e lambia seu cuzinho. Renato colocou a camisinha e, me vendo de quatro para chupar Rafaela, me pegou pela cintura e enterrou seu cacete na minha buceta, o que fez com que eu a chupasse ainda com mais vontade. Mário se levantou para colocar a camisinha e, claro, acabou com a brincadeira de quase todos rs. Novamente o que estava passando no Sexy Hot nos chamou a atenção e aproveitamos para molhar a boca, já que tínhamos gasto muita saliva rs. Analú foi para a cozinha e a ataquei na volta, já que passou por mim quase esfregando sua buceta na minha cara propositalmente. A fiz sentar no braço do sofá e, ainda de pé, fui beber daquele líquido delicioso que dela fluía. Mário se agachou, deu uma lambida na minha buceta para lubrificá-la (como se fosse preciso rs) e meteu a pistola! Renato se sentou e mandou Rafaela vir mamá-lo, o que ela fez com muito empenho e ergueu a bunda para Cláudio ir comê-la. Novamente estávamos todos ocupados nos deliciando. Os gemidos e sussurros tomavam conta da sala e o cheiro gostoso de sexo exalava pelo ambiente. Analú gozou na minha boca e, como sempre faz, se contorceu toda, cravando as unhas em mim. Eu, quando saboreei o gosto doce em minha boca e sentindo as bombadas de Mário também gozei, mordendo com a buceta aquele pau gostoso. Paramos para descansar um pouquinho e passamos a apreciar Rafaela, Cláudio e Renato que haviam trocado os lugares e agora era Cláudio que era chupado enquanto Renato metia. Aí foi a vez de Rafaela gozar gostoso, rebolando no pau de Renato e gemendo, gemendo muito.
Demos mais uma paradinha, dessa vez para comermos alguma coisa e reabastecermos as energias. Mas o restante fica para outra história...




 
 
 

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

As 10 maiores dúvidas sobre a cerveja

1. A CERVEJA MATA?
Sim. Sobretudo se a pessoa for atingida por uma caixa de cerveja com garrafas cheias. Anos atrás, um rapaz, ao passar pela rua, foi atingido por uma caixa de cerveja que caiu de um caminhão levando-o a morte instantânea. Além disso, casos de infarto do miocárdio em idosos teriam sido associados as propagandas de cervejas com modelos boazudas.
 

2. O USO CONTINUO DO ÁLCOOL PODE LEVAR AO USO DE DROGAS MAIS PESADAS?

Não. O álcool é a mais pesada das drogas: uma garrafa de cerveja pesa cerca de 900 gramas
 

3. CERVEJA CAUSA DEPENDÊNCIA PSICOLÓGICA?

Não. 89,7% dos psicólogos e psicanalistas entrevistados preferem uísque.
 
4. MULHERES GRÁVIDAS PODEM BEBER SEM RISCO?

Sim. Está provado que nas blitz a polícia nunca pede o teste do bafômetro pras gestantes. E se elas tiverem que fazer o teste de andar em linha reta, sempre podem atribuir o desequilíbrio ao peso da barriga.
 
5. CERVEJA PODE DIMINUIR OS REFLEXOS DOS MOTORISTAS?

Não. Uma experiência foi feita com mais de 500 motoristas: foi dada uma caixa de cerveja para cada um beber e, em seguida, foram colocados um por um diante do espelho. Em nenhum dos casos, os reflexos foram alterados.
 
6. A BEBIDA ENVELHECE?

Sim. A bebida envelhece muito rápido. Para se ter uma idéia, se você deixar uma garrafa ou lata de cerveja aberta ela perderá o seu sabor em aproximadamente quinze minutos.
 
7. A CERVEJA ATRAPALHA NO RENDIMENTO ESCOLAR?

Não, pelo contrário. Alguns donos de faculdade estão aumentando suas rendas
com a venda de cerveja nas cantinas e bares na esquina.
 
8. O QUE FAZ COM QUE A BEBIDA CHEGUE AOS ADOLESCENTES?

Inúmeras pesquisas vinham sendo feitas por laboratórios de renome e todas
indicam, em primeiríssimo lugar, o garçom.

 
9. CERVEJA ENGORDA?

Não. Quem engorda é você.
 
10. A CERVEJA CAUSA DIMINUIÇÃO DA MEMÓRIA?

Que eu me lembre, não.




Mas não tenha dúvida que cu de bêbado não tem dono!!!

Jumentinha

Um garotão 25 anos, passou no concurso para Câmara de vereadores e foi mandado para uma cidadezinha lá no sertão do Rio Grande do Norte.

Ao chegar na cidade, foi logo avisado:

- Gerlian, aqui tem um problema. Não tem mulher na cidade. Quando o senhor quiser afogar o ganso, tem que ir lá para beira do rio.

O jovem, mantendo a pose, disse que não havia necessidade.

Mas passando três meses o tesão foi aumentando e o Gerlian não agüentou. Botou a sua melhor roupa e foi para a beira do rio. Chegando lá, deparou-se com uma fila de homens e uma jumentinha. Ante a presença do rapaz, o povo abriu caminho:

- Olha o doutor aí, pode passar doutor.

Diante de tanta gentileza e tamanho tesão, o Gerlian não titubeou: abaixou as calças e crau na pobre jumentinha. Foi quando escutou um oooohhh...

Vindo da fila e um homem exclamou:

- Doutor, a jumenta e só para atravessar o rio. O puteiro é do outro lado..





sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Ranking de fantasias sexuais

Andando em um site aqui, outro ali, reuni as fantasias masculinas e femininas mais desejadas. Algumas, confesso, não sei ainda porque não foram realizadas - tão simples! rsrsrs
Caso haja alguma que não tenha sido citada, ou mesmo que essa lista possa ser melhor elaborada, bora falar!


FANTASIAS MASCULINAS

1º. Ménage feminino (se as mulheres forem gêmeas, melhor rs)
2º. Ver a parceira com uma mulher
3º. Transar com mulheres fantasiadas (enfermeiras, colegial, etc.)
4º. Transar no trabalho
5º. Sexo proibido (esposa do chefe, cunhada, etc.)
6º. Ver a parceira com outro homem
7º. Participar de uma orgia
8º. Transar com mulheres mais jovens e mais velhas e desconhecidas
9º. Transar com várias mulheres
10º. Dominação e submissão



FANTASIAS FEMININAS

1º. Serem seduzidas por um estranho
2º. Fazer sexo pago (sendo pagas)
3º. Transar com outra mulher
4º. Fazer do homem um escravo sexual
5º. Seduzir um homem mais jovem
6º. Transar com dois ou mais homens
7º. Transar em um lugar público
8º. Serem dominadas e forçadas a transar
9º. Exibicionismo (transar enquanto outras pessoas assistem)
10º. Voyeurismo (assistir a outras pessoas transando)
 


E para quem já realizou alguma dessas fantasias, corra para o Convento se confessar!!! kkkkkkkkkkkk


http://oconventodassafadas.blogspot.com/



quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

O CONVENTO DAS SAFADAS

O CONVENTO ESTÁ ABERTO PARA VISITAÇÕES


O sexo com um jeitinho feminino






Lena Lopez, Evinha e Veronika
juntas para muitas safadezas 

E um dia da caça!



Pois é, fiquei de castigo anteontem, mas ontem aproveitei!
Assim que Cláudio entrou em casa perguntei a ele se estava cansado. Eu já sabia que sim, porque ontem, especialmente, foi um dia muito estressante. Mas, diante da resposta positiva, dei um olharzinho sacana e respondi a ele:
- Que pena...hoje você vai ter bastante trabalho, então descanse enquanto janta e não coma muito, para seu próprio bem!
Ele jantou e entrou no banho. Entrei junto no box e entreguei a ele o sabonete, mandando que ele me lavasse. Cláudio começou passando o sabonete em meu pescoço e me virei para que ele ensaboasse minha nuca. Com as mãos cheias de espuma passou em meus ombros, escorregando para ensaboar meus seios. Encostei a bunda no pau dele que estava começando a subir e me esfreguei. Ele foi descendo as mãos e enfiou uma delas no meio das minhas pernas. Eu as abri mais e me encostei toda nele, sentindo aquela mão deliciosa me alisar.
- Isso mesmo, lava direitinho essa bucetinha que você vai chupar até cansar. Abre os lábios, assim...pega o sabonete e passa nela toda...isso, desse jeitinho...agora escorrega esse sabonete pro cuzinho...isso mesmo...deixa o sabonete que eu quero só os teus dedos...passa no grelinho, deixa ele bem limpinho...bate uma punhetinha pro meu grelinho...isso, assim...põe mais pressão, aperta mais gostoso...hummmm...
Enquanto Cláudio me obedecia eu mexia o quadril devagar e sensualmente, alisando com a minha bunda o seu pau e dava minha nuca para ele lamber.
Mandei ele enxaguar minha bucetinha com o chuveirinho, direcionando o jato para o clitóris. Hummmm, que sensação deliciosa!
- Você lavou minha buceta direito? Perguntei
- Lavei direitinho - ele respondeu.
- Então agacha e vai lamber pra ter certeza, agora!
Cláudio se ajoelhou na minha frente e eu levantei uma perna para me apoiar no ombro dele, fazendo com que minhas pernas ficassem abertas o suficiente para que ele enfiasse a cara toda.
- Põe a língua pra fora!
Mais uma vez ele obedeceu e ficou ali, ajoelhado, com a boca aberta e a língua esperando por mim.
Me aproximava e passava meu grelinho com suavidade pela língua dele. Fiz isso umas cinco ou seis vezes até que peguei a cabeça dele e a forcei contra minha buceta.
- Chupa esse grelo, chupa com força, filho da puta!
Eu rebolava na cara dele e o prendia com a perna que estava sobre seu ombro. Me esfreguei de todos os modos, em movimentos circulares, de baixo para cima, de um lado para o outro.
- Cospe no meu grelinho e enfia três dedos na minha buceta...isso...fode ela...com força...com mais força...enfia sua cara de novo no meio das minhas pernas e me chupa enquanto me fode com os dedos...assim, isso mesmo...mais...mais...mais que eu vou gozar na sua cara...vai...vai...vai...
A água caindo nas minhas costas levava meu suor. Comecei a gozar intensamente e forçava ainda mais a cabeça dele. Minha perna que me apoiava no chão começou a tremer e me segurei em Cláudio para não cair. Ele baixou minha outra perna, me segurou pela cintura e continuou me chupando até sentir o gosto do meu gozo inundando sua boca. Um fio espesso unia a língua de Cláudio à minha buceta e eu tremia inteira. Ele me encostou na parede do box e me deu banho novamente. Me tirou de lá e me enxugou inteira. Soltou meus cabelos e me deitou nua na cama. Se abaixou para me dar um beijo e disse, bem baixinho:
- Hoje foi o seu dia, mas a noite ainda não acabou.
E realmente ainda não havia acabado...




quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Boquete sensual...



Extremamente sensual...

Poesia Sufi




Faltam-te pés para viajar?


Viaja dentro de ti mesmo,

e reflete, como a mina de rubis,
os raios de sol para fora de ti.

A viagem conduzirá a teu ser,

transmutará teu pó em ouro puro.



Jalal ad-Din Muhammad Rumi





Selos e Carinho



Ganhamos esse selinho da Princess Kitty, um blog novo, mas que já chegou arrebentando!



http://desejosincosntantes.blogspot.com/
http://desejosprofanos.blogspot.com/
http://doreifobofilica.blogspot.com/
https://beautifulbutterflywoman.blogspot.com/
http://nosabordopecado.blogspot.com/








Eu já tava metida antes, mas agora que pertenço à Realeza, vou ficar impossível! rsrsrs


São esses os blogs que indico para ganharem o Selinho Real!

Um dia do caçador...



Cláudio tem o poder de me seduzir diariamente. Numa noite fazemos amor, em outra trepamos como animais.
Chegamos essa madrugada cansados da viagem, mas isso não foi motivo para ele deixar de me cutucar e eu responder na mesma moeda...
Entramos em casa, largamos as coisas na sala e fomos bater um banho só pra tirar a nhaca mesmo. E eu achando, mais uma vez, que ir me jogar nos braços de Morpheu...
Deitamos nus, como sempre. Fui, ingenuamente, me aconchegar entre as pernas de Cláudio, de conchinha. Ele me abraçou e, no beijo do “boa noite”, sussurrou que iria me comer. Do sussurro à mordida foi rapidinho. Ele mordia e lambia minha nuca, enquanto roçava seu pau já duro na minha bunda. De início ainda estava sonolenta, cansada, mas com um incentivo desses, impossível me fingir de morta!
Já excitada, comecei a rebolar no pau dele, lambendo a língua que ele deixava para fora da boca, esperando ser sugada. Ele passava as mãos nos meus seios, apertando os mamilos, e continuava cravando os dentes na minha nuca e pescoço. Me virei para beijá-lo e enfiar o pau dele no meio das minhas pernas, masturbando-o com minhas coxas. O vai-e-vem, aliado aos beijos molhados e cheios de tesão começaram a me deixar louca. Pedi a ele para me comer, mas aquela faceta dominadora que eu conheço bem entrou em ação...
- Não vou comer você, vagabunda. Você vai somente me dar prazer.
Estava tão bom que nem me passou pela cabeça argumentar. Perguntei a ele o que queria, já sabendo da resposta:
- Quero foder a sua boca até eu gozar.
Me abaixei e fui rodeando aquela pica dura, passando a língua por sua barriga. Ele me pegou pelos cabelos e perguntou se eu não havia entendido o que ele queria. Enquanto falava, enfiava o pau duro na minha boca, sem dó nem piedade, como se estivesse fodendo com força uma uma buceta. Ele fodia e eu quase engasgava com seu pau na minha garganta. Quando ele percebia que eu estava com ânsia, se empenhava mais ainda pra enfiar mais fundo. Muito mau esse meu marido...
Fodeu e fodeu minha boca, usando-a como um objeto. Quando eu achava que ele iria gozar, me mandou ficar de quatro, dizendo que iria comer minha buceta para que o pau dele ficasse com meu gostinho, assim eu o chuparia com mais tesão. Obedeci novamente e me coloquei de quatro, com a bundinha já empinada. Ele enfiou de uma vez só e bombou gostoso. Quando eu estava quase gozando, tirou o pau da minha buceta e me mandou ajoelhar para chupá-lo. Aí chupei como gosto, devagarzinho, sentindo o meu gosto por toda a pica dele. Engolia, lambia, sugava de leve a cabeça, tornava a engolir, passava a mão que eu havia cuspido pelo saco dele, enfiava novamente na boca inteirinho, passava a língua no saco com seu pau todo dentro da minha boca (ele adora isso), até ele gozar. Senti na garganta o gozo do meu macho, mas deixei um pouquinho de porra na boca para cuspi-la novamente no pau dele, deixando aquele fio de porra entre a minha boca e seu cacete. Continuei lambendo até a última gota, quando ele já estava se retraindo, com aquela aflição característica do orgasmo.
Não gozei, foi o que ele ordenou, mas amanhã é ele quem vai cumprir ordens...
 

 
Imagem gentilmente roubada do Eroticamente In(Correto)





terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Autoestima



Quando mudei para BH decidi que não mais atuaria no meu ramo e quis fazer algo que me permitisse administrar meu tempo e que desse dinheiro, claro. Conversando com um e outro resolvi vender produtos eróticos e lingeries. Eu comprava uma determinada quantidade de itens e os colocava em consignação em cabeleireiros. Cabeleireiros são ótimos lugares para vender esse tipo de produto, já que é frequentado por muitas mulheres e fornece uma boa fachada para aquelas que não se sentem à vontade para entrar numa sex shop. Muitas das mulheres que frequentam têm idade mais avançada e muitas dessas nunca havia comprado nada parecido. Para vender, eu alegava que não eram artigos pornográficos, e sim acessórios que poderiam ajudar as mulheres a não deixar a paixão ir por água abaixo e coisas desse tipo. Até para evangélicas eu vendia, usando esse argumento (aliado à outro que garantia mais chances do marido não precisar sair de casa para uma coisinha diferente). Foi aí que percebi o quanto existem mulheres que ainda sofrem de uma baixa autoestima imensa! Elas acreditavam que, por serem mais cheinhas, ou com celulite, ou com uma cicatriz, ou estrias ou qualquer outra coisa fora dos padrões, não poderiam mais ser sexies.
Decidi então colocar em prática tudo o que eu havia lido até então sobre autoconfiança (sim, pode parecer piegas, mas li váaaaaaaaarios livros e artigos) e passei a ministrar pequenas palestras sobre isso. Claro que a intenção inicial era vender, mas me incomodava demais o fato de mulheres se deixarem levar pela opinião dos outros (principalmente de maridos bossais e inseguros) e deixarem de acreditar em seu próprio potencial.
TODA mulher é cativante! Se ela não tem um belo par de pernas, com certeza terá um sorriso lindo; se não tem uma bunda sem celulite, poderá ter um senso de humor fantástico; se seus peitos se renderam à força da gravidade, pode ser que ela tenha mãos macias e por aí vai.
Homens, como nós sabemos, são muito visuais. Dizer que eles não se excitam com a gostosa da vez é mentir descaradamente. Mas eles são sensoriais como um todo e um olhar bem direcionado, mãos que deslizam suavemente, um sussurro ao pé do ouvido podem ser imensamente excitantes!
A mulher tem que, primeiramente, se descobrir. Descobrir seus pontos fortes e fazer uso deles. Nada caricato, com naturalidade. Usar de neurolinguística é fundamental: ao se olhar no espelho, enxergar em si uma mulher capaz, com condições de conseguir o que quer...e ela quer! Se acariciar, se tocar, se admirar. E se a pele tem rugas é porque ela traz consigo uma bagagem de vida (li algo semelhante em Luís Fernando Veríssimo ou Arnaldo Jabor, não sei ao certo), então use essa experiência! Se a bunda está flácida, tenha a certeza de que quando estiver com seu homem sobre si, ele estará pouco ligando para isso. Se o pé tem joanete, é só passar a mão onde mais ele gosta (pode transar de meias arrastão e scarpins que disfarçam também rs).
Sei que tem maridos, namorados, etc, que adoram desmerecer a mulher que têm, muito provavelmente porque acham que se eles lhes disserem o quanto é interessante, desejada, correrá o risco de levar uma galhada na cabeça. E muitas mulheres acreditam piamente nas palavras (mentirosas e malévolas) de seus homens!
Mas não existe mulher que seja de todo feia, como não existem pessoas que sejam de todo boas ou más. Todas nós temos defeitinhos e pode ser que aquela gatíssima da Playboy do mês tenha um chulé macabro ou tendência para mentir. Isso é a mulher perfeita??? Da mesma forma que ela tem defeitos nós, simples mortais, também temos. E garanto que um homem vai preferir uma boa companheira que está sempre ao seu lado em todos os momentos do que aquela que só serve pra desfilar e estragar a semana dele inteirinha com reclamações, futilidades, falta de humor, entre outros. Não que mulheres bonitas não possam ser ótimas pessoas e companheiras! Claro que podem e muitas o são! Mas desmitificar que só a gostosona é atraente é a intenção aqui.
Então, antes da mulher ser plasticamente desejável, que ela se torne desejável pelas suas maiores qualidades. E toda mulher sabe quais são as suas. Além de fazer uso de suas qualidades mentais, investir numa lingerie, pode ser até uma camisola longa, que cobre mais e é extremamente sexy; mudar o cabelo; trocar o perfume; colocar um salto; preparar o quarto para que atice todos os sentidos, ou seja, uma fragrância suave, uma música sensual, velas, flores, chocolates, etc; se depilar de forma diferente e tudo o mais que dê mais poder de sedução é um passo para conquistar o homem. Aliás, a mulher “gostosa” é aquela que sabe seduzir, que sabe despertar - pode perguntar para qualquer bofe de plantão!
Idade também não significa que perdeu o encanto. Ao contrário! A mulher mais velha tem mais experiência e sabe mais o que quer, portanto, tem mais chances de seduzir um homem. Muitas usam somente de seu charme e conquistam inclusive rapagões. Não, eles não estão somente interessados em dinheiro e sim em mulheres vividas que podem lhes ensinar coisas que muitas menininhas não sabem!
A sensualidade, o charme, a sedução está dentro de todas as mulheres. Cabe a cada uma de nós descobrir como usar todo esse potencial.



Banner ganho da Lena!

Esse mimo, muito mais que um presente, ganhamos da Lena.
Já agradeci a ela trocentas vezes, mas não poderia deixar de fazê-lo aqui.
É mais um carinho que ela nos proporciona e que nos deixa aqui felizes demais!
Obrigada, minha linda!!!

E agora me aguardem, porque eu tô muito metida, viu! rsrsrs



LINK ME



Blogosfera Unida



Fui indicada pela Dorei, do blog Dorei Fobofílica. O que mais gosto no blog da Dorei é que ela aborda vários temas, explicando-os, e o faz sob sua perspectiva, com o toque de sua personalidade, sob sua ótica. Ela dá sua opinião, mesmo que nem sempre seja a da maioria. Característica de mulher forte, que eu aprecio demais!

E vamos à brincadeira! Ela consiste em dar a alguns blogs de amigos uma característica que lhe seja peculiar e finalmente indicar um blog para fazer o mesmo.
É fácil e sem muitas regras, além de servir como um incentivo para os blogueiros citados, servirá também para orientar nossos leitores a buscar outras fontes de leitura. A única regra é se recebê-la novamente, avisar quem o indicou que já participou da brincadeira, evitando assim que um mesmo blog tenha que participar inúmeras vezes.
Vamos então às categorias e indicações:


BONITOhttp://beautifulbutterflywoman.blogspot.com/
DIDÁTICOhttp://lesadaeapimentada.blogspot.com/
INTERESSANTEhttp://ladysiri.blogspot.com/
ENGRAÇADOhttp://lcnantes-losp.blogspot.com/
ROMÂNTICOhttp://flordecristallb.blogspot.com/
PORNOGRÁFICOhttp://condevlad.blogspot.com/
BDSMhttp://doreifobofilica.blogspot.com/
POESIAhttp://sexocomaspalavras.blogspot.com/
CONTOhttp://rebbeccabdsm.blogspot.com/
MULHERhttp://helenatl1.blogspot.com/
CASALhttp://casaldejavusc.blogspot.com/
HOMEMhttp://eroticamenteincorreto.blogspot.com/
SENSUALhttp://seducem.blogspot.com/



Ahhhhhhhhhh! É uma injustiça com vários blogs que, ou também se enquadrariam nas categorias acima, ou estão fora de qualquer categoria, mas que deveriam constar simplesmente porque são blogs fascinantes!
Na verdade, a maioria dos que seguimos aqui são visitados e saboreados com assiduidade. Eles nos dão doses de prazeres diários aos quais estamos quase que viciados!

E, indicando um blog para responder, aqui vai:

http://eroticamenteincorreto.blogspot.com/

Uma maravilhosa semana a todos!

Gente, como esse povo posta nos finais de semana!!! rsrsrs
A cada 15 dias viajamos no sábado e voltamos na terça-feira, geralmente.
E quando voltamos me delicio com tantos posts pra ler e comentar. E leio cada um deles, porque seguimos blogs excelentes, que valem a pena serem sorvidos, degustados. Isso significa que tenho prazer garantido pelos próximos 3 dias, haja vista a quantidade de publicações desde sexta-feira!
Como chegamos hoje, desejamos a cada um de vocês uma semana deliciosa, repleta de energias positivas e de um alto astral contagiante!
Beijos pra vocês, amigos mais que queridos!!!



sábado, 5 de fevereiro de 2011

A arte de gostar de mulher - Blog da Dorei Fobofílica

E lá fui eu passear por essa blogosfera tão rica! E me deparei com um texto no blog da Dorei Fobofílica que vale a pena ser lido e com ele aprender.
Ei-lo:

http://doreifobofilica.blogspot.com/2011/02/arte-de-gostar-de-mulher.html

Pois é...a mulher tem que ser conquistada a cada dia, desvelada e, aí sim, amada!

Beijos e um delicioso fim de semana para todos!!!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cenas de puro prazer...