terça-feira, 31 de maio de 2011

Me tocando na boite


Estávamos na entrada da boite, vendo as pessoas dançarem e dando uma olhada geral. Há na entrada um sofá vermelho de onde se vê a todos e é visto. Cláudio e José, a quem chamo de cunhado por causa da semelhança que tem com meu marido, estavam conversando e eu me sentei no sofá. Olhando para o bar, vi que havia um casal em especial que me interessava, ainda sem saber qual era a deles. Resolvi provocar Cláudio e provocá-los ao mesmo tempo. Estava sentada com as pernas cruzadas, usando um vestido preto curtíssimo tomara-que-caia com aberturas laterais em tiras, luvas de dedo que iam até o antebraço, bota de salto altíssimo 7/8 com meias pretas das quais só apareciam as rendas para fora da bota e uma calcinha também preta, de renda, minúscula. Segundo o Clau, um arraso de putinha.

Me deixei deslizar pela cadeira e abri devagarinho uma das pernas, apoiando-a no braço do sofá. Afastei a outra, deixando minha calcinha bem visível. Sem que Cláudio e José esperassem, puxei a calcinha para o lado e comecei a me tocar. Lambi meus dedos e os fiz deslizarem entre minhas pernas, em movimentos suaves, ritmicos. Olhei para ambos e vi que o volume das calças começava a crescer. Mas minha intenção maior era o casal do outro lado da boite, em frente ao balcão do bar. Ele me olhava como que hipnotizado, não acreditando no que estava vendo. Afinal, estávamos em uma boite lotada.

Continuei a me tocar, dessa vez com os dedos deslizando mais, escorregando no suco que descia de minha bucetinha. Mais pessoas olhavam e algumas pararam ao meu lado. José não aguentou e se virou de costas para todos, ficando de frente somente para mim e colocou o pau pra fora, se masturbando deliciosamente.

Continuei a passar a mão, afastando mais ainda a calcinha para que a visão de longe fosse melhor. Enfiei dois dedos na bucetinha, soquei de leve e tirei, tornando a lamber os dedos. Enfiei mais um pouquinho e, com os dedos encharcados, brinquei com o grelinho em movimentos circulares, bem devagar, como se os estivesse explorando pela primeira vez. Apertava com o dedão e indicador e mexia para frente e para trás, como se estivesse punhetando meu clitóris. Clau faz isso comigo e eu adoro...

À essa altura o cara do outro lado estava babando e sua mulher, quando percebeu, não gostou muito. Mas acho que foi só ela, porque todos que olhavam não conseguiam desviar o olhar.

Depois de me alisar bem gostoso pela última vez, me tocando com mais tesão, enfiando com mais vontade os dedinhos e alisando delicadamente meu grelinho, soltei a calcinha que estava puxadinha para o lado, me ajeitei no sofá como uma lady e cruzei as pernas. A brincadeirinha acabou, mas a minha cara de tesão de quem adora provocar ainda continuou enquanto eu olhava um por um dos que lá estavam querendo mais...






Selos e Carinhos!







Recebemos este selinho de alguém a quem adoramos acompanhar e que sempre nos presenteia com seu carinho: Aprendiz do Desejo SC. E hoje ela nos presenteou ainda mais, nos oferecendo esse mimo.
Obrigada, minha querida! Obrigada de coração!
E aqui vão as perguntinhas que o acompanham:
1) Quais recursos da internet vc usa em busca do prazer?
Vídeos, blogs (tem uns que me deixam doidinha!), algumas imagens. E palavras-cruzadas, que me dá um enorme prazer tb! rsrsrs
2) Quais fantasias (no sentido "roupa") vc já usou ou gostaria de ver o(a) parceiro(a) usando?
Fantasia mesmo, não muitas. Noivinha, diabinha. Gosto mais de roupas sexies, tipo macacões de vinil, microvestidos, lingeries, saltos altíssimos ou qualquer roupa mais ousada. Quando vou a casas de swing, vou que nem uma putinha (palavras do Clau rs) - e adoro! Mas mesmo no meu dia-a-dia sempre uso alguma coisa mais sensual.
3) E as fantasias no sentido "fetiche", quais já realizou e quais ainda quer realizar?
Olha, já realizei fantasias pra cacete, mas não canso de repetir que a que me daria mais tesão é seria à uma festa tipo aquela que rolou no filme “De Olhos bem Fechados” do Kubrick. Seria meu tesão máximo!
4) Qual ocasião te deixa com mais tesão: uma festa, bebidas e pegação ou só vcs no escurinho do cinema, naquela cena picante do filme?
Gosto de todas as ocasiões, pois somos nós que as promovemos. Um escurinho de cinema pode ser tão excitante quanto uma festa com pegação ou até estar dentro do carro num cantinho escuro. Vai depender muito do meu estado de espírito.
5) Você já teve ou gostaria de ter uma experiência com alguém do mesmo sexo?
Eu??? Essa "mocinha" recatada que aqui está? Tá pensando o que??? Sou muito "pudorenta", viu!!! kkkkkkkkkkkk
Já, sim, com os três sexos! rsrsrs Já transei com mulheres, com outros homens além do meu marido e com bonecas. E as bonecas são tuuuuudo de bom! Como costumo dizer, elas têm tudo o que eu gosto: peitos, bunda, e um pau no meio das pernas! Ui!!!
6) Você é a favor do casamento (civil) entre pessoas do mesmo sexo?
Sim, claro!!! No que exatamente seria diferente o amor entre duas pessoas do mesmo sexo??? Não consigo pensar em nenhum único motivo. A não ser, claro, o preconceito besta que ainda assola algumas pessoas menos preparadas...

Devemos mandar agora para 5 blogs, mas acredito que, por termos demorado a postar já que Mr. Blogger não nos permitia visitar outros blogs, todo mundo já tenha recebido! De qualquer modo, são estes os indicados desta vez:



E para vc, minha linda Aprendiz do Desejo, flores para enfeitar seu dia!
Beijos, minha linda!!!




segunda-feira, 30 de maio de 2011

Pra começar bem a semana...

Que tal começar a semana fazendo barba, cabelo e bigode?


video



AVISO: Ainda não estamos conseguindo postar comentários em outros blogs, o que está me deixando puta da vida! Espero que o problema seja solucionado o mais breve possível, porque sinto uma falta imensa de visitar e poder deixar um beijo para os amigos que adoro tanto. Uma semana iluminada a cada um de vocês!

sábado, 28 de maio de 2011

Mais um problema do Blogger ou sou sortuda mesmo???

Alguém sabe me dizer se o Blogger está dando pau (hummm, pena que não é do que eu gosto)?
Pergunto isso porque troquei meu roteador recentemente e, desde então, coincidentemente, tenho tido uma dificuldade imensa em navegar nos blogs, mas o mesmo não ocorre com outros endereços. Liguei para minha operadora que alterou manualmente o DNS do Blogger mas o problema persiste. Fiz um teste sugerido pela Lena de afastar o roteador do telefone sem fio porque poderia haver interferência, sem sucesso.
Dificilmente consigo postar algum comentário porque a caixa simplesmente não abre. Pular de um blog para outro, nem pensar - trava na hora.
Plisi, se alguém está tendo o mesmo tipo de problema, por favor me avise, porque senão vou ter que procurar o motivo. Vale lembrar que isso só se dá com o Blogger, por isso acho que deve ser mais um dos probleminhas que ultimamente vem assolando a nós, pobres blogueiros!



E desde já agradeço, trazendo ou não alguma solução, uma vez que não consigo ir à página de ninguém para fazê-lo!!!

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Amiga boazinha...




Dia desses, voltando de um aniversário de uma amiga, recebemos uma ligação de outra que não víamos há muito tempo.
- Olá, como estão? Estou morrendo de saudades de vocês. O que vão fazer hoje?
Como já a conhecíamos bem, sabíamos que aquela era uma pergunta cheia de segundas, terceiras e décimas intenções! rs
Dissemos que estávamos indo pra casa e perguntamos onde ela estava.
- A meio caminho de vocês...
Desviamos o carro e lá fomos pra loja de conveniência mais próxima abastecer a geladeira e comprar umas tranqueirinhas a mais.
Chegamos em casa e foi o tempo de preparar uns petiscos que ela chegou em seguida.
Beliscamos (por enquanto só a comida rs), tomamos tequila - eu juro que tequila tem gosto de chulé! - e logo veio minha perguntinha também cheia de outras intenções:
- Então estava com saudades da gente, safadinha?
- Pois é! Vocês são o único casal com que saio. Saio com meninas, com meninos, mas os dois juntos só com vocês. Aí bateu uma saudades - respondeu com risinho e carinha de quem estava subindo pelas paredes rs.
Cláudio, que estava sentado no chão ao lado dela (aqui em casa a gente senta no chão, no pufão, nos pufinhos - praticamente índios rs), já lascou um beijo. Ela me puxou e eu me sentei com as pernas abertas por trás dela. E veio o beijo triplo. Hummm...isso é gostoso demais!
Cláudio foi tirando a blusa dela e eu ajudando. Abri seu soutien e ele desceu a boca para seus bicos, lambendo um de cada vez. Eu levantava seus cabelos e a beijava na nuca enquanto sussurrava no seu ouvido:
- Estava com saudades, então? Saudades da gente te comer todinha que nem da última vez?
Ela não respondia, só concordava lentamente com a cabeça, como se estivesse em transe. Eu a puxei para que se deitasse sobre mim e Cláudio começou a tirar a calça jeans, apertadinha. Com ela já veio a calcinha. Ele abriu as pernas de Paulinha e passou a dar um banho de língua, enquanto eu a mantinha deitada sobre mim, beijando sua boca e alisando seus seios.
- Do que você tem mais saudades, vadia? Perguntei.
- De vocês dois me comendo...
Eu já imaginava que essa seria a resposta, porque lembrava perfeitamente da forma como ela gozou intensamente, quase louca, da última vez que nos encontramos, com Cláudio comendo sua bucetinha e eu enfiando um consolo enorme no seu cuzinho.
Disse ao Cláudio para irmos para a cama e lá fomos em direção ao quarto, sem deixar de agarrá-la, beijá-la, apertá-la.
Eu a deitei na cama e abri suas pernas e, acariciando sua coxas, fui sentir seu gosto que há tempos não sentia. Cláudio se ajoelhou ao lado da boca de Paulinha, penetrando-a com seu pau sem cerimônia. Ela gemia, contorcia as pernas, se esfregava na minha cara, se erguia para melhor abocanhar Cláudio, tudo ao mesmo tempo. Eu e ele acariciávamos juntos seus seios. Ele com uma pegada mais forte, eu com um toque mais macio. E ela delirava...

Cláudio me disse que queria comê-la e ela sugeriu:
- Vê, deita aqui onde estou e abre as suas pernas. Quero te chupar do mesmo jeito que você está me chupando. E quero Cláudio me comendo ao mesmo tempo.
Me deitei e ela se colocou de quatro, arrebitando a bundinha bem feita e gostosinha. Cláudio colocou a camisinha e começou a enfiar o pau duro naquela buceta toda melada de seu suco e de minha baba. Ela gemia cada vez mais alto e, como seria de se esperar, chupava mais gostoso à cada estocada. Cláudio a apertava na cintura, forçando-a para mais perto dele e fodia com força, do jeitinho que ele sabia que ela, muito safada, adorava. Brincamos assim por um tempo, até que eu disse que também queria fodê-la. Cláudio se afastou, como se querendo apreciar e nada mais. Eu tornei a deitá-la de costas, passei mais um pouco a língua naquela bucetinha molhada e comecei a penetrá-la com os dedos. Ela estava toda aberta, então foi mais fácil fazer o que eu queria. Enfiei três dedos na sua buceta e a fodi. Tirei, enfiei quatro e tornei a fodê-la. Tirei novamente e juntei meus dedos, que já estavam lubrificados em parte porque ela estava encharcada de tesão e em parte por causa do lubrificante do preservativo. Delicadamente fui enfiando a mão quase em forma de concha, girando-a devagarinho, forçando aos poucos, até que a mão toda havia entrado. Depois da passagem inicial, mais estreita apesar de ter sido (bem) fodida, a impressão que eu tinha era de que minha mão poderia passear dentro dela. E passeou.
Fui mexendo a mão devagar, fazendo menção de abrir os dedos, girando o punho, num fisting delicioso para mim que me deliciava em fazer e para ela, que estava adorando receber. Não demorou muito para que ela gozasse e eu senti seu gozo escorrendo pelos meus dedos. Cláudio, que estava assistindo com uma cara de tesão filho da puta, estava de pau duro mesmo sem se tocar.
Eu estava cansada pelo dia corrido, mas sabia que Cláudio ainda não havia gozado. Nunca o deixei na mão, então não seria aquele dia que o faria. Mas, como eu estava cansada e tinha lá alguém que poderia perfeitamente me substituir, disse a ambos que iria dormir, não sem antes recomendar à Paulinha que cuidasse muito bem de meu marido no quarto ao lado. Dei um beijinho de boa noite nos dois, me ajeitei nos travesseiros e me esntreguei aos braços de Morpheu.
Na manhã seguinte Cláudio me acordou mais cedo do que de costume. Ele me disse que queria me contar como havia sido e também dar uma rapidinha, pois só de lembrar seu pau ficava duro.
Ele me contou que foram para o outro quarto e ele a mandou agachar para boquetá-lo. Ela mamou gostoso e ele mandou que ela se deitasse de quatro dizendo à ela:
- Você tá muito aberta...não quero sua bucetinha. A Vê a deixou larga demais.
Dizendo isso, deu uma cuspida no cuzinho de Paulinha e passou a mão para deixá-lo bem molhadinho. Pegou a cabeça de seu pau e ficou brincando, passando para cima e para baixo, até ela dizer que não aguentava mais, pedindo que enfiasse de uma vez.
- Você quer pica no rabo, sua vagabunda? Então toma!
Cláudio me contou que enfiou de uma vez, segurando-a para que não fugisse. Ao invés de tentar escapar, ela se enfiou mais ainda no pau de Cláudio, que comeu aquele cuzinho por mais de uma hora, fosse de quatro, como eles estavam, fosse a virando de ladinho, fosse de franguinho assado, que foi como ele gozou. Ele disse que levantou as pernas de Paulinha e as apoiou nos seus ombros, colocando dois travesseiros para erguê-la mais ainda. Quando estava quase gozando, tirou seu pau de dentro, tirou a camisinha e gozou na barriga, nos seios, na cara de Paulinha, enquanto ela gozava junto com ele. Depois de se lavarem, ele deu a ela um beijinho de boa noite e veio se aninhar na cama comigo, me dando um beijinho gostoso de quem havia adorado o presente recebido.
E, depois que ele me contou como foi, demos uma trepadinha gostosinha, como prévia da que daríamos à noite, quando ele voltasse para casa...


 


quarta-feira, 25 de maio de 2011

Cláudio resolveu fazer academia...

Por que será, hein???



video

Bem-vinda novamente, Loirinha Ksada!!!



Por algum tempo fomos privados da companhia desta que é uma das mais safadas e sem-vergonha dessa blogosfera! Sim, porque a moçoila em questã, como diria minha sábia vó, é casada com dois homens! Ô coisa boa! rsrsrs
Loirinha Ksada voltou a sorrir a e a nos fazer sorrir! Então que ela, Mansinho e Wolvie sejam recebidos com todo o nosso carinho!
Beijos para vocês, meus lindos!!!




E beijo para vocês!



terça-feira, 24 de maio de 2011

Trepada gostosa com outro

Dia desses na Freedom, em noite de solteiros, fomos para o quarto com um casal e um single. Quando entramos nossa amiga disse ao Clau que estava menstruada, mas que pagaria um boquete gostoso para que ele não ficasse na mão. E assim fez: ela se sentou na beiradinha da cama e começou a chupar Cláudio de uma forma que seu pau ficou duro rapidinho - estava gostando, portanto.
Eu, por minha vez, comecei com o solteiro o ritual que gosto tanto: beijo demorado, molhado, com gostinho de tesão e fui descendo, abrindo a camisa dele e alisando seu peito. Ainda beijando, abri seu cinto, o botão da calça e o zíper. Enfiei a mão por dentro da box e senti um pau já latejando, querendo sair.
Kátia continuava chupando meu marido, mas se revezava entre o meu e o dela. Coloquei aquele pau que não era enorme, mas era grossinho e estava bem duro pra fora e fui descendo a língua até encontrá-lo. Comecei passeando com a língua pela cabeça, bem de leve, e fui percorrendo ele todo. Brinquei dessa forma até perceber que ele estava louco para que eu o enfiasse na boca, e assim o fiz. Engoli aquele cacete com gosto, fazendo movimentos suaves de vai-e-vem e acariciando seu saco. Estava boquetando quando ouvi Clau gozar na boca de Kátia. Percebi que ele se levantou e, quando passou por mim, me disse para que ficasse à vontade pois me esperaria lá fora. Kátia saiu em seguida e ficamos eu, Lú e o marido de Kátia, Cléber.
Peguei Lú pela mão e o deitei na cama. Me coloquei de quatro ao lado dele e continuei a chupar seu pau, empinando minha bundinha para Cléber, que batia uma punhetinha enquanto nos olhava. Perguntei a ele se queria comer minha bucetinha e, sem responder, somente me olhando nos olhos, pegou uma camisinha e colocou em seu pau. Ele meteu de uma vez e começou a bombar forte, o que fazia que eu chupasse Lú com mais intensidade e tesão. Cléber disse que não iria aguentar muito tempo, então eu sugeri que eles trocassem de posição pois queria que Cléber gozasse na minha boca. Eles inverteram e passei a boquetar Cléber enquanto Lú, que já queria me comer há algum tempo, metia devagar na minha bucetinha. Não demorou para que Cléber fizesse jorrar porra na minha boca, que eu deixei escorrer pelos cantos, olhando pra ele com cara de safada. Isso deixou Lú com mais tesão e ele me agarrou mais forte pela cintura, metendo com mais força. Cléber se limpou, se vestiu, me deu um beijo e saiu do quarto.
Lú se levantou para fechar a porta e, quando ele voltou, me achou na cama, deitada de frente para ele, com as pernas abertas, pedindo para que ele continuasse a me comer gostoso. Ele se encaixou no meio das minhas pernas e enfiou a cara, devorando minha buceta, chupando o clitóris com maciez, enfiando a língua no meu buraquinho. Com a cara lambuzada, veio chupar meus peitos, lambendo cada bico deliciosamente. Subiu a língua e passou pelo meu pescoço, o deixando todo molhado. Veio com a boca em direção à minha e me engoliu. Peguei seu pau e meti na minha buceta enquanto me beijava, apertando sua bunda como se quisesse que ele entrasse ainda mais. Ficamos assim um tempo e eu o prendi como se fosse dar uma chave de pernas, girando meu corpo por sobre o dele, sem tirar seu pau de dentro. Já sentada por cima, comecei a cavalgar lentamente, rebolando gostoso na cabeça daquele pau. Subia, mexia, descia, encaixava, me esfregava, tornava a subir. Apoiava as mãos nos seus peitos e mexia os quadris para a frente e para trás, sem deixar de olhar pra ele com cara de putinha. Cavalgava com suavidade e força, sugava seu pau com minha buceta e ele apertava minha bunda, meus peitos, minha cintura, me apertava toda. Tirei seu pau de dentro e tornei a sentar nele, dessa vez de costas e fazia questão de erguer cada vez mais minha bunda e rebolar mais gostoso ainda para que ele tivesse aquela visão que todo homem adora. Ora me mantinha mais ereta, ora me deitava mais sobre suas pernas, mas sempre apertando seu pau dentro de mim, até gozar deliciosamente naquela pica, arfando e gemendo. Cansada, me deitei de ladinho e ele posicionou uma perna minha para a frente e veio me comer como se eu estivesse de quatro. Já estávamos no quarto há mais de uma hora e meia quando ele disse que não aguentava mais e iria gozar.
Tirei seu pau de dentro de mim, me virei de frente para ele e disse que queria que ele gozasse na minha barriga. Tirei a camisinha e punhetei aquele pau até sentir sua porra ser derramada em mim, me deixando toda melada, cheirando à porra de macho.

Como se tivéssemos combinado, assim que estávamos colocando a roupa Cláudio bateu à porta. Quando abri e ele me viu com os cabelos grudados, toda suada, me perguntou se eu tinha gostado, ao que respondi que fora ótimo. Ele me olhou, me beijou e disse que iríamos na hora para o quarto ao lado, só nós dois...



 

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Três em um da Domme Amanda!

Domme Amanda, do blog Meus Sonhos e Desejos, a quem tenho um apreço enorme pela cordialidade e carinho que demonstrou desde que nos conhecemos, nos presenteou com três selinhos! Um deles, como eu já havia dito a ela, já havíamos recebido e respondido, mas nem por isso deixaremos de agradecer!
Então vamos lá!






Em primeiro lugar, parabéns pelos 12.000 acessos (que agora já são mais)! Isso é prova de que as pessoas que por lá passam apreciam o que leem, gostam do que veem! É um espaço originalmente destinado ao BDSM mas que cativa e atrai a todos! Parabéns, minha querida! Esses 12.000 são só o começo!!!




Em segundo lugar, ganhamos esse selinho pelo qual agradecemos demais! E devo confessar que adoro Garfield: folgado, aprontador e amante de lasanha! rsrsrs
Domme Amanda, como disse, adoro perguntinhas, porque nos dá a chance de sabermos um pouco mais das pessoas que gostamos, assim como soubemos um tiquinho mais de você. Ah! Seremos vizinhas em breve! kkkkkkk
Aí vão as perguntas, respostas e indicações:






01. Pegue o livro mais perto de você, abra na página 18 e encontre a 4ª linha:
"Em 1118, juntamente com Godofredo de Saint-Omer, outro valoroso cavaleiro, resolveram fundar uma ordem religiosa e militar conhecida por Pauperes Commilitiones Christi Templique Salomonis, ou seja, ‘Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão’, e passaram a ser chamados sucessivamente de ‘Os Pobres Soldados de Jesus Cristo e do Templo de Salomão’, ‘Os Cavaleiros do Templo de Salomão’, ‘Os Cavaleiros do Templo’, ‘Os Templários’ e finalmente ‘O Templo’. Adotaram a divisa Non nobis, Domine, non nobis sed nomini tuo da glorian, ‘Não para nós, Senhor, não para nós a glória, mas só em teu Nome’.”
Trecho de “Histórias e Mistérios dos Templários”, de Pedro Silva. Para se ter qualquer opinião sobre qualquer assunto é preciso, no mínimo, ter uma ideia do que se está falando. Eu queria entender a ligação dos Cavaleiros Templários com a Maçonaria, as Cruzadas e a Inquisição, que sempre me causou um tremor nas pernas. Então comecei por um livro pequeno, mas que espero que comece a me esclarecer.
02. Estique seu braço esquerdo o mais longe que puder. O que você encontra?
Uma caixa de Bis rsrsrs
03. Qual foi a última coisa que assistiu?
Ontem à noite, ainda sem sono, assisti à Duquesa, sobre a Duquesa de Devonshire e sua história para ter um filho do Duque.
04. Sem olhar o relógio, que horas você acha que são?
10h30
05. Agora, olhe no relógio. Que horas são?
10h35 - sempre tive um bom senso temporal. Em compensação, meu senso espacial é um desastre! rsrsrs
06. Sem contar o barulho do computador, o que mais está ouvindo?
Música, sempre! Nesse exato instante estou ouvindo Phoenix - Lisztomania. Velhinha de tudo, mas adoro!!!
07. Quando foi a última vez que saiu? Onde foi?
Sexta-feira. Fomos na Freedom. Fim de semana é sagrado dar uma saidinha básica - é nosso combustível para a semana toda.
08. Antes de começar esse questionário, o que estava fazendo?
Separando as contas da semana para pagar...nada agradável! kkk
09. O que tá vestindo?
Olha, minha santa e sábia avó me ensinou que devemos estar sempre arrumadinhas, nem que seja para fazer faxina na casa! Então estou com um shortinho jeans meio que enfiadinho na bunda e blusinha soltinha pretinha. Ah! Havaianas decoradinhas nos pés! Pode não parecer, mas o resultado final agrada e muito ao Cláudio quando ele vem em casa fora de hora...rs
10. Você sonhou a noite passada?
Putz...sonhei que estava com dor nas costas. Adivinha: não era sonho! kkk
11. Quando foi a última vez que você deu risada?
Eu acordo rindo, vou dormir rindo, tomo banho rindo. E qdo tem alguma coisa que me entristece por algum motivo, ainda assim procuro esboçar um sorriso. Minha convicção de que estar com astral lá em cima facilita tudo na vida é tão grande que raramente fico sem rir, sem sorrir, sem estar de bom humor. Mas, mais especificamente, gargalhei demais ontem porque Cláudio ficou “de mal” de mim! É muito engraçado, porque ele tenta, tenta, fica com uma cara muito, muito braba (ah??? kkk), mas não aguenta! Aí racho de rir com a determinação dele! kkkkkkkkk
12. O que acha da pessoa que te indicou este desafio?
Ahhhh! A conheço há pouco tempo mas, desde que nos conhecemos, só recebi carinhos dela!. Aquela empatia gratuita, gostosa, aquele respeito pelas diferenças e apreço pelas igualdades, ou seja, já virou uma amizade daquelas que se tem o maior orgulho em ter!!!
13. Viu alguma coisa esquisita há pouco tempo?
Olha, por mais que eu goste de putaria, nunca tinha visto nada parecido com o Anal Triplo que eu postei aqui! Esquisito não sei se é a palavra, mas dolorido, com certeza! kkkkkkkkk
14. Qual foi o último filme que você assistiu?
Bom, se foi no cinema, deve ter sido a versão original de E o Vento Levou...kkk
Putz, falei isso esses dias pro Cláudio, que faz tempo que não vamos ao cinema!
15. Se você se tornasse milionário da noite para o dia, o que compraria?
Domme Amanda teve uma excelente pedida: uma ilha paradisíaca. Acho que vou comprar uma ao lado da dela! rsrsrs
16. Uma coisa sobre você que eu não saiba.
Eu também falo gíria e palavrão pra caralho, Domme, mas isso acho que todo mundo sabe. Deixa eu ver...ah! não saio de casa sem estar devidamente maquiada, arrumada e com salto, nem que seja para ir à vendinha da esquina! Mas, em contrapartida, adoro calcinhas mais velhinhas, mais confortáveis, mas ainda assim pequenininhas! rsrsrs
17. Seu estado de espírito agora.
Agitada - estou preparando minha festinha de aniversário!
18. Se você pudesse ser qualquer mulher famosa, qual seria?
Angelina Jolie. É a mulher mais sexy que conheço e tem um lado humanitário maravilhoso!

19. Imagine que seu primeiro filho seja uma menina, como a chamaria?
Sei que você não vai acreditar, Amanda, mas é a mais pura verdade: seria Amanda! Mas tive complicações e acabei dando à minha filha a versão feminina do nome do médico que fez o parto. E respondo somente em off por uma questão de preservação, tá?
20. Imagine que seu primeiro filho seja um menino, como o chamaria?
Dei-lhe o nome do pai, completo, e me arrependi amargamente, porque não há vínculo com meu nome atual! Também digo em off! rs
21. Você pensa em morar fora?
Não só pensei como por duas vezes estava com tudo pronto para ir, mas aí a vida deu uma guinada e acabei ficando. Se tivesse ido não teria nem tido meus filhos (da primeira vez) e nem conhecido o Cláudio depois.
22. O que você mais quer agora?
Voltar a trabalhar com força total!
23. Qual a pessoa mais importante na sua vida?
Tenho várias pessoas importantes: meus filhos, o Clau, meu pai e meu irmão.
24. Qual seu sonho para curto prazo?
Curto prazo? Tomar um espresso num empório que tem aqui perto de casa! rsrsrs
E indico esse selinho para:

(In)Correto, do Eroticamente (In)Correto








Finalizando, também recebemos de Domme Amanda esse Desafio no Blog, que já respondemos. Obrigada, querida, por mais esse carinho!

Minha linda! Como forma de agradecimento e carinho, receba essas flores nossas e guarde-as no seu coração!




Beijo enorme pra você, lindona!!!

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Dicas para um bom sexo oral em mulheres





Mulheres são altamente sensoriais como um todo. Mas audição, toque, são altamente afrodisíacos. Falar para uma mulher o quanto ela é gostosa, o quanto ela desperta tesão é começar a excitá-la. Passar as mãos em seu corpo todo, inclusive em zonas que não seriam consideradas erógenas é começar a levá-la ao prazer. A boca tem um papel deliciosamente importante nesse processo. Ela esquenta por onde passa, sussurra nos ouvidos, lambe, chupa, cospe, alisa. Nem as mãos têm o poder da boca. Saber usá-la é como ter 75% de chances de conseguir provocar um maravilhoso orgasmo.

Excitar uma mulher não começa no meio das pernas. Começa no olhar, nas palavras, num beijo. Um beijo molhado, como se estivesse simulando um sexo oral na boca. A boca percorrendo o corpo todo, minuciosamente, como a descobrir cada pedacinho e explorá-lo. Lamber os seios ora delicadamente, ora sugando, apertá-los e dar um banho de língua nos mamilos, em movimentos circulares. Mordiscar os mamilos e fazer suave pressão neles. Apertar os peitos com as mãos enquanto os lambe é delicioso; juntá-los e alternar com a língua entre um e outro é ainda mais gostoso.
A maioria das mulheres se excita com uma bela pegada e se entrega com uma louvável chupada. Abrir as pernas e se deliciar como se estivesse degustando o melhor dos manjares é o que ela espera da boca que lá está. Abra os lábios e passeie a língua por toda sua extensão. Vá desde o grelinho até o cuzinho, cuidando de deixá-la bem molhadinha. Depois disso ela vai estar molhada por si só.

Se você for homem, chupe o grelinho como você gostaria que seu pau fosse chupado e, se for mulher, já tem meio caminho andado para chupar com maestria. Enfie o grelinho inteiro na boca e tire-o delicadamente. Um boquete para o grelinho rs! Faça movimentos circulares com a língua, sempre bem úmida, e novamente abocanhe o clitóris. Sugue-o imprimindo maior e menor pressão, alternadamente. Leves mordiscadas são sempre bem-vindas e, caso ela prefira algo mais forte, irá sugerir ou você perceberá. Abra os lábios e passeie com a língua por eles, enfiando-a na bucetinha. Simule que a está comendo com a língua enquanto dedilha seu grelinho, totalmente úmido, o que fará com que seus dedos escorreguem suavemente. Troque e foda-a com o(s) dedo(s) enquanto volta a lamber o clitóris. Mude de posição para lambê-la por todos os ângulos possíveis: ela irá adorar! Mas, principalmente, esteja sempre atento(a) aos sinais que ela dará, seja falando, seja através de gemidos, ou pelos movimentos do corpo e mantenha-se fazendo o que está fazendo até que ela goze.

O principal é chupar com tesão, com vontade, como se aquela fosse a última oportunidade de ter uma buceta na boca.
Quando se abre a buceta o grelinho fica mais exposto, como se estivesse se exibindo e querendo chamar a atenção. Dê-lhe a devida atenção! Mas, desse jeito, com ele totalmente exposto, seja mais delicado, já que o grelinho está igualmente delicado. Passe a língua bem molhada com suavidade, quase resvalando. Isso dá um tesão delicioso! Ah! O queixo é um ótimo agente sexual! Enquanto a boca e língua se incumbem do famoso grelinho, pressionar o queixo na entrada da buceta é delicioso! Mas, em sendo homem, certifique-se de estar com a barba devidamente aparada - barbas por fazer podem ser tão excitantes quanto brochantes, então é melhor não arriscar até saber das preferências.
Enfiar os dedos e rotacioná-los dentro da buceta é uma delícia! As mulheres que se lembrem de aparar as unhas ou que saibam enfiar os dedos, mesmo com as unhas compridíssimas, sem machucar. Esse movimento de girar de um lado para o outro é muito gostoso. Não estou falando de fisting, que é uma técnica maravilhosa porém precisa ser dominada. Estou falando simplesmente de mover os dedos dentro da buceta, girando-os. Hummm...como é bom! Principalmente se, enquanto isso, o grelinho estiver sendo deliciosamente degustado.

Claro que cada mulher tem suas preferências, mas com certeza algo que seduz a todas é o “apreciar”. Nada de pressa, repetindo mais uma vez. Nada de desespero. Sexo oral, assim como todas as variantes do sexo, existem para o prazer. Mesmo quando se dá uma rapidinha, os movimentos não precisam ser rapidinhos! Degustar, sempre! Dar a merecida atenção, sempre! Até porque, quando a mulher recebe um belo sexo oral, se sente muito mais motivada a retribuir. Nada de movimentos mecânicos. A “pegada” ideal não tem a ver com rapidez nem com desespero - ao contrário - mesmo que forte, transmite o conhecimento sobre o corpo da mulher.


Aprecie sem moderação e bom apetite!


Foto gentilmente furtada do blog da Malú - Sala Íntima
 

Boca de mulher

Boca aveludada
Que desce, sobe, percorre,
Que explora, que anseia
Que suga e engole
Presenteia

Boca que fascina
Doce menina
Que simplesmente quer
Voraz mulher

Boca que sacia
Boca macia
Me deixa enlevada
Parada, travada
Largada, tarada

Boca gostosa
Melosa
Te quero agora
Sem hora
De te provar,
Deliciosa

Boca maldosa
Me suga
Me consome
Me diz o teu nome
Teu nome é mulher
 
 
 

terça-feira, 17 de maio de 2011

Manual de Instruções para Mulheres - Vol I

Como sugestão de meu querido amigo (In)Correto, estamos cadastrando os interessados em adquirir o novíssimo Manual de Instruções para Mulheres - Vol I. Os quatorze volumes seguintes serão lançados bimestralmente.



Ó eu aqui traveis!

Olá, queridos!

Eu estava dodoizinha, por isso sumi um pouquinho.



Mas Cláudio, como cuida direitinho de mim, me levou ao melhor médico:




E providenciou uma enfermeira muito competente para estar ao meu lado quando ele não pudesse:




Por isso já estou bem melhor! Já dá até pra fazer alguns exercícios!




Até porque o médico receitou ingestão extra de porramicina:



E eu, muito obediente, acatei! Mas ele disse também que precisava liberar energias. E nada melhor que isso:




Mas pediu moderação nos exercícios, então eu ficava assim, quase quietinha, me movendo lentamente que é pra não cansar muito...



Um bom banho depois...




E repouso...



Com esse tratamento todo, claro que tinha que ficar boa logo, pra poder visitar os amigos que adoro e ver tudo o que eu perdi nesses dias!
Beijo grande para cada um de vocês!!!

sábado, 7 de maio de 2011

Feliz Dia das Mães!




À todas as mães, aquelas que nos aguentam por nove meses e depois pelo resto da vida, que nos veem como crianças mesmo que tenhamos 50 anos, que cuidam de nós, nos alimentam o corpo e a alma, nos repreendem, nos dão amor e carinho, zelam pela nossa saúde, cobram o dever de casa, nos olham como se fôssemos a pessoa mais importante de todo esse mundo, se preocupam com nosso trabalho, nos empurram para frente, esquentam o jantar, dão risada conosco e choram as nossas lágrimas, fazem parte do nosso dia-a-dia, mesmo que em alguns casos não estejam presentes fisicamente, um Dia das Mães de muito amor, luz, paz, carinho, energias mais que positivas e tudo mais que nos deram em cada minuto de nossas vidas.
E o agradecimento por tudo o que fizeram por nós. Porque, se somos o que somos, muito devemos a ela. E se não somos às vezes as melhores pessoas que poderíamos ser, não lhes cabe a culpa porque, com certeza, os melhores valores nos foram passados, mas nem sempre os assimilamos.
Um beijo a cada Mãe, seja na bochecha porque está ao nosso lado ou na alma, porque, mesmo distante, continua olhando por nós.
 
 
 
 
 
 
 
 

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Saudades!


Alguém por acaso sabe o que é isso?






Ou isso?






Porque aqui em casa, nesses últimos dias, Cláudio não sabe o que é isso:




E nem eu sei o que é isso:




Mas, assim que passar o Dia das Mães, vamos à forra!!!




Ah! E uma descansadinha porque realmente estamos precisando...



Até lá, só muito trabalho:




E saudades dos amigos daqui!




Beijo a todos, uma sexta-feira deliciosa e, quando voltarmos, mataremos as saudades de todos! Mais beijos!!!





segunda-feira, 2 de maio de 2011

INDIGNAÇÃO: O GOOGLE REMOVE O NOSSO BLOG E NÃO NOS AVISA!





Queridos, venho aqui para pedir a todos vcs que entrem nessa blogagem coletiva contra essa política arbitrária do Google, que remove nossos blogs sem ter a menor consideração e respeito...ele não podem fazer isso sem avisar o titular do blog, afinal para que serve sermos titulares dos blogs se não temos nenhum poder de decisão????? O que fizeram com a Lena, com a Crys, com a Sub, e com muitos outros blogueiros é uma vergonha...QUEREMOS RESPEITO, JUSTIÇA E EDUCAÇÃO...
Somos blogueiros ou palhaços????
Estou muito triste e chateada com isso...a Lena é uma mulher incrível e muito sensata...e não entendo como o Google deixa no ar o blog daquela plagiadora que nos roubou e assumiu a autoria dos textos alheios...e os blogs que tem o maior respeito com seus seguidores é tratado dessa forma...
Chega de nos calarmos e fazermos de conta que nada acontece...
ABAIXO A ARBITRARIEDADE DO GOOGLE, EXIGIMOS RESPEITO E TEMOS O PODER DE MUDAR ISSO...JÁ IMAGINARAM SE TODOS NÓS MIGRARMOS PARA O WORDPRESS?????
Vamos sacudir essa blogosfera meus queridos...quero todos vcs aderindo a essa blogagem e postando agora em seus blogs....
E vamos começar agora.. a união faz a força...e também provoca incêndios...então vamos fazer essa blogosfera ferver....
Crys, Miss B e todos os que passaram por esta arbitrariedade, contem comigo e com toda essa blogosfera...
Tenham um final de semana com muita esperança...bjs carinhosos...
Mar...”

Este texto está sendo veiculado pela net e fazemos questão de também postar e apoiar! Os blogs que foram removidos nada têm que contrarie a política do Google, ao contrário de vários outros que incitam, mesmo que veladamente, a pedofilia, violência, racismo e por aí vai.
O direito de defesa não nos é dado em nenhum momento, o que contraria inclusive a Constituição Federal. Audiatur et altera pars - ouça-se a outra parte. Que sejam denúncias ou incompatibilidade com a política do veículo, não nos é dado o poder de nossa defesa simplesmente porque não somos ouvidos, por não haver um canal direto com o Blogger/Google. E mesmo quando nos manifestamos através de trâmites  os mais burocráticos, ainda assim não somos efetivamente analisados.

Esta é o que consideramos uma campanha justa e, esperemos, eficaz, juntamente com a sugerida pelo (In)Correto. Temos que lutar com as armas que possuímos - nossas próprias vozes!


Aproveitando, eis os novos blogs de Lena e Crys:






Uma excelente semana a todos!

Bill e Drika - o retorno!

Vocês não imaginam minha felicidade quando após longo e tenebroso inverno, segundo eles próprios, nossos amigos Bill e Drika voltara a postar!
Eles mudaram para o nordeste e estão tendo uma vida muito difícil, passando por maus momentos. Imaginem que estão morando com o pé na areia e o despertador deles é o barulho das ondas do mar. Quanta tristeza, viu! Mas, como disse a eles, somos solidários e vamos encarar essa barra com eles o mais rápido que pudermos!
Sobre eles foi um de nossos primeiros posts,  Bill & Drika e graças a eles que entramos nessa blogosfera, já que nossa intenção era segui-los. Mas como eles mesmos explicam, pararam de postar por causa da mudança de estado e do novo empreendimento. Mas espero realmente que eles tenham voltado pra ficar e conhecer esse bando (sim, é um bando!) de gente boa demais pelos quais me apaixonei e com os quais divido os meus dias!
Beijos, amigos que amamos de paixão!





Bem vindos novamente, meus amigos queridos!!!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cenas de puro prazer...